sexta-feira, 28 de abril de 2017

Começar de novo




Quem nunca teve de recomeçar na vida, uma nova casa, um novo emprego, novas amizades, um novo amor... um novo projeto... iniciar algo novo pode ser desafiador, sobretudo uma abertura de novas possibilidades.

Quando você passa a enxergar sobre esta ótica as opções se potencializam.

Sempre a tempo de um novo começo, independente se você acha que a idade já está avançada, se a oportunidade de emprego dos sonhos já passou, mesmo aquele que está prestes a se demitir por acreditar que cada dia se sente seguro para empreender.

Por mais cansado, muitas vezes você possa estar, acredite verdadeiramente que você pode recomeçar e um leque de possibilidades se abrirá para você. Seja na sua vida pessoal, seja no trabalho, seja com os amigos ou mesmo um projeto social. Se você enxergar que o que te espera não é bom, você tem a oportunidade de mudar os rumos e recomeçar. Seja o capitão do seu barco e navegue rumo a sua felicidade.

Não perca mais tempo. Ponha um ponto final naquilo que você não acredita mais, em tudo aquilo que não faz seu coração pulsar, muito menos seus olhos brilharem e passe para um novo começo, desafiador, mas cheio de oportunidades.

Não tenha medo da mudança. Ela sempre carrega consigo muitos aprendizados. 

Abraços,
Samara Arpini

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Participação uma questão de todos




Um ponto muito interessante sobre participação segundo Maria Luiza de Souza, para refletir:

“A participação é o próprio processo de criação do homem ao pensar e agir sobre os desafios da natureza e sobre os desafios sociais, nos quais ele próprio está situado”. (Souza, 2000: 81)

Ao longo de nossa história caminhamos para a banalização da participação, que por consequência acaba reproduzindo a ordem estabelecida.

Precisamos compreender e resgatar a essência da participação para que nos tornemos sujeitos da nossa própria caminhada. Independente dos espaços que ocupamos necessitamos participar das decisões que dizem respeito às nossas condições básicas de existência. Por isso, a participação é sobretudo uma questão social.

Assumir a perspectiva da participação exige que se examine: participação por quê? Em função de quem? O que é mesmo participação?

A participação é requisito de realização do próprio ser humano. O desenvolvimento do homem requer participação nas definições e decisões da vida social.

Desafio você a encarar o compromisso de participar das decisões importantes da sua vida. A reflexão sobre o assunto é profunda, contudo desejo apenas que você exercite agora o compromisso de participar de forma efetiva nas decisões de sua vida.

Abraços,
Samara Arpini


quinta-feira, 20 de abril de 2017

Dica essencial para quem deseja empreender um negócio social




Para estabelecer um Negócio Social, parte-se da identificação do problema social a ser solucionado.

Para tanto, o primeiro passo fundamental é fazer um levantamento para conhecer a realidade social da comunidade. Ou seja, um diagnóstico social completo identificando os problemas, necessidades e capacidades da comunidade.

O planejamento de um negócio social pressupõe um diagnóstico social que subsidie a identificação dos problemas sociais, assim como a tomada de decisão para saber qual deles será solucionado.

Sem dúvidas, planejar com informações coletadas, avaliadas e suportadas em cenários ambientais, geográficos e temporais é um procedimento que certamente se ancora em certezas na tomada de decisão.

A dica é, conheça a realidade, faça um diagnóstico para obter sucesso no planejamento do seu empreendimento, Negócio Social.

Abraços,
Samara Arpini